quinta-feira, 4 de março de 2010

SONHOS DILACERADOS







SONHOS DILACERADOS



Maltrapilhos detalhes
Fragmentados momentos.

Filamentos d’alma
Retalhos do coração.

Saudades abandonadas
Nas áleas da vida.
Sonhos esfumaçados
Nos desvios dos caminhos.

Pedaços meus dilacerados
Pelo pranto da desilusão

No misterioso livro do destino
A mesma história...

Tantas e tantas vezes contemplada!




“E se um dia hei-de ser pó,cinza e nada
Que seja a minha noite uma alvorada,
Que me saiba perder... pra me encontrar...”


FLORBELA ESPANCA


Marcadores:

3 Comentários:

Às 4 de março de 2010 05:36 , Blogger Graça Tristão disse...

RETRIBUINDO A VISITINHA... ADOREI SEU COMENTÁRIO E POR ESTAR ME SEGUINDO...
BOM SEU POST... É MARAVILHOSO E SEUS VERSOS MAGIA PURA!
PAZ E LUZ
BJCAS
GRAÇA

 
Às 5 de março de 2010 08:17 , Blogger Graça Tristão disse...

QUE ALEGRIA VOCÊ NO MEU CANTINHO DE EMOÇOES... ADOREI SEUS VERSOS... A PARTILHA SERÁ PUBLICADA!
PAZ E LUZ
BJCAS
GRAÇA

 
Às 5 de março de 2010 08:19 , Blogger Graça Tristão disse...

AMIGA VOCÊ ESTA COM DOIS BLOGS COM O MESMO "NOME"? ESTA PRECISANDO DE AJUDA? PODE CONTAR COMIGO SE PUDER...
PAZ E LUZ
BJCAS
GRAÇA

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial