quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

MOMENTOS





MOMENTOS


Na forma do tempo
Divinos desígnios escalei
Cânticos em busca de certezas entoei
Saudando ideais,
Acalentando sonhos iluminados .

Em vislumbres apaixonados,
Senti o calor da vida,
Qual flor noturna desabrochando
Aos raios do anoitecer.

Momentos de estonteantes sabores
Pensamentos vagando cambaleantes.

- Alma cantando ao som de harpejos de querubins -




"Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida.
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não és sequer razão do meu viver
Pois que tu és já toda a minha vida!"


FLORBELA ESPANCA

Marcadores:

2 Comentários:

Às 18 de fevereiro de 2010 15:12 , Blogger Silvia Masc disse...

Muito intenso não?

beijinho

silvia

 
Às 19 de fevereiro de 2010 09:01 , Blogger marilandia disse...

Obrigada Sílvia, pelo gentil comentário e pela presença nesse blog.
Beijos e carinho

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial