terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

RECORDAÇÕES







RECORDAÇÕES




Sou velhinha - ainda escrevo versos...
Alma soluça, coração balouça...
Rumorejam no amanhã, lembranças d'outrora...



Marcadores:

1 Comentários:

Às 14 de fevereiro de 2012 09:33 , Blogger Genaura Tormin disse...

Puxa! Que gracinha! O poeta pode tudo! Mesmo sendo novinha, fala que é velhinha e vice-versa. Mas,o mais importante é o rumorejo dos versos numa lembrança gostosa. E quem nãO as tem?
Beijoooooooooooooooooo

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial