domingo, 29 de janeiro de 2012

VINGANÇA DO POETA





VINGANÇA DO POETA







Traz nas palavras murmúrios da tristeza.
Rezando com a dor, enverga a toga da solidão..
Mensageiro da saudade apalpa cinzas do passado...
Na doce agonia das tardes de sonhos, traça gestos ao léu, empalidecido de cansaço...
Em alvas orlas de desgrenhados lençóis, míseros segredos oculta...



Marcadores:

1 Comentários:

Às 29 de janeiro de 2012 12:56 , Blogger Ingrid disse...

querida Marilandia,
tua sensibilidade emociona sempre..
beijos perfumados.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial