segunda-feira, 30 de junho de 2014

GESTOS DOCES - EM DUETO DE MARILÂNDIA




GESTOS DOCES - EM DUETO DE MARILÂNDIA

Coração tempere// Não basta fechar os olhos
O singular do tempo// Cuja eternidade me assusta
Onde se goze a luz// Entre promessas e delírios
Primaveril// De varais estendidos
Como o nascer do sol// Coro de vozes da alma
Percorre// Cantando comigo
O íntimo de mim// Aplaudindo a vida minha.

Miguel// Marilândia


1 Comentários:

Às 18 de agosto de 2014 10:51 , Blogger Miguel Eduardo Gonçalves disse...

Esse ficou muito belo! Também :)
Bjs.

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial